5 maneiras de ganhar dinheiro com apps na Fábrica de Aplicativos

A Fábrica de Aplicativos oferece inúmeras possibilidades para ganhar dinheiro no mercado de aplicativos, basta você escolher o modelo de negócio mais adequado para você e seu app.

 

O nosso objetivo é oferecer para não programadores a chance de criar, publicar e divulgar apps e assim participar dessa economia. Neste artigo vou apresentar as diversas maneiras que nossos usuários ganham dinheiro e se destacam criando aplicativos em nossa plataforma.

 

Para começar, você sabia que o ecossistema de aplicativos é multi-bilionário? Segundo a Developer Megatrends, em 2016 a economia de apps movimentou 425 bilhões de dólares. Na figura abaixo mostro como este mercado está dividido:

 

Figura 1. Mercado de aplicativos (em bilhão, dólares americanos) – Developer Megatrends HI 2016

 

 

Deu pra ter uma noção do tamanho do mercado de apps e as oportunidades que ele oferece para todos? Abaixo explicarei como funcionam as 5 maneiras de monetização mais utilizadas pelos usuários da Fábrica de Aplicativos e como elas estão relacionadas a este mercado, sendo elas:

 

  1. Desenvolva e venda aplicativos para empresas e negócios, tenha sua agência de apps
  2. Anuncie e ofereça espaços publicitários no seu app
  3. Faça vendas, ofereça descontos exclusivos e comunique-se com seu cliente através do app
  4. Melhore processos e reduza custos. Engaje e conquiste seus clientes!
  5. Vendas nas lojas: publique um app e cobre seus usuários por downloads

 

Não perca tempo, veja o modelo que mais tem tração com você e suas atividades e comece agora a ganhar dinheiro com aplicativos!

 

1- Desenvolva e venda aplicativos

 

Em países em desenvolvimento, como Brasil e China, a cultura de “faça você mesmo” ainda não é uma regra, sim uma exceção. Segundo a Godaddy, 80% dos sites feitos na América Latina foram desenvolvidos por desenvolvedores ou agências especializadas.

 

Sendo direto, o empresário brasileiro prefere pagar mais para que alguém desenvolva seu app ao invés dele economizar e produzir o seu próprio app, mesmo com a Fábrica de Aplicativos. São mais de 15 milhões de negócios esperando você desenvolver um app para eles!

 

Hoje na Fábrica de Aplicativos temos mais de 2000 usuários que vendem apps para clientes, são eles autônomos, designers, web designers e agências. O preço que eles vendem e comercializam os apps variam por região, complexidade do projeto e tamanho do cliente, de R$2.000 a R$20.000 por app. Muitos começaram do zero, então se você nunca desenvolveu um app, saiba que esta oportunidade também é para você!

 

Se este é o seu desejo, criar e vender apps, preencha este formulário e receba o contato da nossa equipe de atendimento para saber como funciona o Plano Premium, que oferece a oportunidade de fazer inúmeros aplicativos com diversos benefícios.

 

 

Duas agências de criação de apps que surgiram depois de conhecerem a Fábrica de Aplicativos e que tenho muito orgulho são o Rei dos Apps e a Agência Mobilisa. Nada melhor do que ser dono do seu próprio negócio, ter autonomia e ganhar dinheiro com tecnologia. E acreditem, eu posso dizer isso com toda propriedade, pois é exatamente isso que faço na Fábrica de Aplicativos.

 

2- Anúncios Publicitários de Produtos, serviços ou Estabelecimentos

 

Esse é o modelo de negócios utilizado pelas duas empresas mais valiosas de tecnologia do mundo: Google e Facebook. O conceito é simples, traga uma quantidade de usuários para seu app e ofereça destaque para empresários anunciarem seus produtos e serviços nos seus apps.

 

O que vemos muito na Fábrica de Aplicativos são Guias Comerciais, que substituem revistinhas de bairro e também Guias Turísticos. Eles oferecem informações valiosas e apuradas para seus usuários e em troca vendem espaços de destaque para negócios anunciarem seus produtos e serviços. Se quiser saber mais sobre este modelo e conhecer alguns aplicativos, acesse este post do nosso blog.

 

Claro, há também apps que vendem espaços publicitários e não necessariamente são guias e catálogos comerciais. Um exemplo de um app que monetiza através de anúncios é o Toque Violão em 7 dias.

 

É indispensável em todos os casos, mas especialmente neste modelo de vendas de anúncio, que você configure o Google Analytics no seu app e tenha todos os dados necessários para montar seu mídia kit.

 

3- Realize vendas de produtos e serviços, ofereça descontos e comunique-se com seu cliente

 

Dezenas de milhares de usuários da Fábrica de Aplicativos desenvolvem apps para facilitar a venda de seus produtos e serviços, oferecendo um novo canal de atendimento aos clientes. Caso você já tenha uma loja virtual e ela sendo responsiva, o ideal é integrá-la diretamente no app.

 

Em outros aplicativos, os criadores oferecem botões e links para pagamentos criados em adquirentes como PagSeguro, Paypal e etc, para pacotes e produtos exclusivos. Basta inserir o HTML dentro da funcionalidade lista PRO.

 

Além disso, os apps também têm a possibilidade de ter formulários para pedidos de orçamento, chat para atendimento imediato e também links para whatsapp, tudo para aumentar seus canais de atendimento e aumentar as vendas online.

 

Uma coisa bem interessante é que se você tem um comércio, você pode usar a estratégia mobile do Burger King, isso mesmo. Você pode criar uma lista de cupons de desconto no seu app e aumentar sua vantagem competitiva com relação à concorrência e sua marca estará no smartphone dos seus clientes.

 

4 – Ganhe tempo, melhore processos e ofereça comodidade

 

Você concorda com a máxima “tempo é dinheiro”? Eu acredito e sinto isso na pele como empreendedor.

 

Uma maneira de reduzir o seu custo com tempo é facilitar processos com a tecnologia. Uma forma vastamente utilizada na Fábrica de Aplicativos é o agendamento online. Já pensou em reduzir o seu tempo gerenciando sua agenda com pacientes ou clientes?

 

A cada novo agendamento ou solicitação de serviço pelo aplicativo você só tem a ganhar mais receita. E se for sucesso, mais clientes podem surgir com o compartilhamento do aplicativo ou por uma busca nas lojas de app, se você já publicou o seu app.

 

Outro exemplo é a questão citada no item anterior, o atendimento. Se você oferecer um atendimento online ou uma funcionalidade de pedidos e orçamento, seu app te ajudará a aumentar seu faturamento e vendas. Acesse nossa Central de Ajuda e navegue no blog para saber como explorar mais essas possibilidades com nossas funcionalidades ou participe do nosso fórum.

 

5- Cobrança por download nas lojas

 

Para fazer isto, na hora de publicar seu app, tanto o Google quanto a Apple te dão a opção de definir se o download do seu app será gratuito ou se ele será cobrado. Em ambos os casos as gigantes de tecnologia ficam com 30% do valor para eles. Sim, eles pegam uma parte das suas vendas.

 

São dois grandes grupos que mais utilizam desta prática para ganhar dinheiro com apps. O primeiro são games e o segundo utilidades, como câmeras e calculadoras. É preciso ter um app com uma marca e credibilidade para escalar este modelo de negócios, como fazem a HP, no caso do app da calculadora financeira 12C e a Marvel, em jogos de super-heróis super conhecidos.

 

Mas, caso você já tenha um app de conteúdo ou de informações valiosas, recomendo que você siga uma outra receita do mercado de aplicativos: faça duas versões do mesmo App. Uma grátis com um conteúdo e funcionalidades limitadas e outra mais completa pela qual você paga, uma versão premium.

 

Quem faz isso de maneira alternativa na Fábrica de Aplicativos é o app do Cartoleiro Fanático, que no seu app gratuito tem 500 mil e ele tem uma versão paga que tem mais de 3000 mil usuários. Dessa forma, quem gostou da experiência demonstrativa e deseja a versão mais completa ou exclusiva pode migrar para a compra do app pago.  

 

 

Conclusão

 

Não perca tempo, comece a ganhar dinheiro com aplicativos. Com a Fábrica de Aplicativos fica fácil, simples e profissional. Se você é webdesigner, designer, trabalha com TI ou tem uma agência de marketing, preencha este formulário e fale com o nosso time de atendimento.

 

Espero que vocês tenham gostado do conteúdo deste post, no próximo vou apresentar como você pode criar sua agência de criação de aplicativos. Comentem e deem sugestões para conteúdos que acham relevantes. Gosto de críticas construtivas.

 

Hugo Yang é empreendedor, economista, sócio-diretor da Fábrica de Aplicativos e professor na ComSchool. Escreve no blog mensalmente e busca aumentar o entendimento dos leitores sobre as possibilidades e oportunidades do mercado de aplicativos.

 

 

 

Posts relacionados:

 

App feito na Fábrica de Aplicativos desbanca Uber e Spotify

5 tendências no mercado de aplicativos

7 razões para criar um app para o seu negócio

Mas, afinal, quanto custa um app?

4 apps incríveis feitos na Fábrica de Aplicativos

 

 

 

2 Comments

Post a Comment

Comment
Name
Email
Website