Conheça a história de sucesso por trás do App: Vou ser Papai!

Conheça a história de sucesso por trás do App: Vou ser Papai!

 

Nossa maior satisfação e orgulho acontecem quando conseguimos ajudar nossos usuários (Appers) a obter sucesso com seus apps criados na Fábrica de Aplicativos. Para alguns o sucesso pode ser atingir a marca de 100 mil acessos por mês, para outros, como é o caso do App do Jorge, impactar o mundo dos papais de primeira viagem e contar a todos sua história foi a realização de um sonho.

Na entrevista, Jorge Bachur (o criador do App: Vou ser Papai!) conta um pouco da história e deixa dicas valiosas para os que desejam seguir o sonho de fazer um aplicativo de sucesso.

 

1 – Qual a sua história e como descobriu a Fábrica?

 

“Vou Ser Papai!” surgiu com um grito meu, quando soube que iria ser pai. A vontade era tão grande de falar para os quatro cantos do mundo que não me contive: criei um Blog. Em 10 de junho de 2009 fiz a minha primeira postagem com o título “Vou Ser Papai” e de lá para cá não parei mais.

 

Com o avanço das tecnologias (celulares, smartphones, tablets) e o surgimento das redes sociais, grupos e comunidades, senti a necessidade de trilhar por esses novos caminhos. Assim como eu, apareceram milhares de pais que também tinham a mesma necessidade de gritar e estampar no peito: “Vou Ser Papai!” Surgiram então camisetas, canecas, bonés, aventais e a oportunidade de criar um negócio (e-commerce).

 

A proposta do blog e redes sociais vai além do compartilhamento de informações e tem como principal objetivo a conscientização de que um pai presente e participativo na vida de um filho contribui para a felicidade e estrutura familiar.

 

Hoje “Vou Ser Papai!”, além de ser um grito é uma marca que representa informação, pensamentos, realidade do dia-a-dia, entretenimento, comportamento e dicas para o universo dos papais de primeira viagem.

 

Mesmo com toda esta comunicação e tecnologia, eu sentia falta do envolvimento dos pais. Como pai, percebi que o fator “tempo” impedia que os outros pais tivessem acesso aos meus canais de comunicação e conteúdo. Nas postagens diárias no Facebook, por exemplo, muitos pais perdiam o “timing” da informação e muitas vezes nem visualizavam.

 

Eu queria colocar a informação na palma da mão dos pais, para terem acesso ao meu conteúdo, a qualquer hora e em qualquer lugar. Eu queria um APP!

 

Criar um app

 

Foi então que pensei em criar um aplicativo. Não sabia o custo e também nem tinha noções e entendimento de linguagens de programação mas sempre acreditei que este era o caminho. Após várias pesquisas na internet conheci a Fábrica de Aplicativos, uma ferramenta simples de ser utilizada, com valor bem acessível e que qualquer pessoa pode montar seu aplicativo pois a interface é bem simples, intuitiva e de fácil desenvolvimento.

 

Como tenho noções de webdesign e minha formação é publicidade e propaganda, comecei a desenvolver um planejamento e definir o que colocar no APP diante de tantas funções que a Fabrica de Aplicativos oferece.

 

Foram mais de seis meses de planejamento, trabalhando de madrugada, finais de semana, criando e definindo layouts, ícones, botões, imagens, ilustrações, textos, com muita pesquisa e tomadas de decisões para oferecer um conteúdo prático, rápido, fácil, com linguagem simples e que aborda todas as classes sociais para um público carente de informação.

 

Hoje posso dizer que o APP Vou Ser Papai! é meu segundo filho pois foi elaborado com muito carinho e atenção nos mínimos detalhes.

 

vou ser papai

 

2 – Do seu App qual função mais lhe agrada e por quê?

 

Sou suspeito em falar porque eu gosto de todas as funções que a Fábrica de Aplicativos oferece. Tive o cuidado de não oferecer somente informação no APP Vou Ser Papai!, mas também serviços e interações.

 

Com o APP Vou Ser Papai! o pai de primeira viagem aprende a dar banho em menino, menina, aprende a trocar as fraldas e noções de primeiros socorros. Possui uma listagem de vacinas públicas e particulares que vão desde o nascimento da criança até 11 anos de idade.

 

O APP Vou Ser Papai! ajuda o papai a se organizar financeiramente pois possui modelos de planilhas para fazer download. Possui músicas para brincar ou fazer o filho dormir, dicas de jogos, livros e acesso a todo o conteúdo do “Vou Ser Papai!”, de forma rápida e simples, na palma da mão: blog, redes socias e vídeos.

 

Mas, dentre todas as funções, quatro delas são as minhas preferidas:

 

– Função Lista de Preços (Produtos Vou Ser Papai)

Esta função tem mais destaque (cor) no APP porque através dela eu posso oferecer e vender os produtos da marca “Vou Ser Papai!”. Muitos pais compram os produtos mas há também mulheres que compram como forma de presentear seus maridos e dar a notícia que vão ser papais (isso eu acho muito bacana).

 

– Função Lista (Parceiros)

Foi uma forma que encontrei de viabilizar o negócio e divulgar empresas que ofereçam benefícios aos pais de primeira viagem através de produtos e serviços.

 

– Função Página Web (Cadastre-se)

Esta aba possui um formulário para ser preenchido e através dele consigo montar um banco de dados do meu interesse, rico em informações. Uma forma de conhecer, monitorar e se relacionar com o meu público.

 

– Função Mural (Deixe seu comentário)

Esse é termômetro do APP Vou Ser Papai e graças a Deus tem sido muito bem aceito entre os usuários.

 

 

3 – Quais foram os resultados que o App lhe trouxe?

 

O maior retorno que tenho tido é a visibilidade, participação de outros pais e os comentários positivos sobre o APP Vou Ser Papai!. Como havia dito desde o começo, meu interesse é disseminar a informação para os papais de primeira viagem.

 

Hoje encontramos facilmente na internet informações para mães e gestantes. Os pais (homens) sempre acabam ficando em terceiro plano (primeiro a mãe, depois o filho). Criar um canal de comunicação e falar a linguagem do pai, do homem, está sendo um grande desafio.

 

Outro desafio é quebrar o tabu de uma sociedade ainda machista. O homem, o pai, pode sim dividir tarefas no lar, ajudar nos cuidados com os filhos, alimentação, educação, participação e presença. E quando ele enxerga em outros pais que isso é possível, que ele não está sozinho e que esta mudança de atitude faz bem para a estrutura da sua família, é um convite para a felicidade, viver em harmonia, longe dos traumas e frustrações.

 

Outro grande retorno são as amizades que acabo fazendo com pais de outras cidades, estados e até mesmo países… não importando a classe social, situação financeira, idade ou grau de instrução. O que nos une mesmo é a PATERNIDADE!

 

Outro grande resultado foi a possibilidade de vender os produtos da marca Vou Ser Papai! através de um APP (fácil, rápido, na palma da mão) e a divulgação de empresas parceiras (gerar renda).

 

4 – Se pudesse deixar uma aos outros Appers o que seria?

Seja qual for a sua ideia, desenvolver parcerias e escolher as ferramentas certas garantem metade do caminho para o sucesso do seu projeto. A outra metade é acreditar na sua capacidade de realizar sonhos.

 

Agradecemos ao Jorge por compartilhar uma história tão bacana e por contar com a Fábrica para realizar seu sonho. É uma honra para nós 🙂 ! Para baixar o app, clique na imagem.

 

vou ser papai app

 

Sugestões de leitura para te ajudar com seu app:

6 maneiras de ganhar dinheiro com aplicativos na Fábrica

Aprenda como fazer um aplicativo profissional

 

 

 

No Comments

Post a Comment

Comment
Name
Email
Website